Associação Portuguesa de Contabilistas

DECLARADA DE UTILIDADE PÚBLICA

A apoiar, formar e informar desde 1975

QUEM SOMOS

A APC – Associação Portuguesa de Contabilistas, criada no ano de 1975, é uma entidade de carácter predominantemente socioprofissional e cultural, congregando os diplomados com bacharelato e/ou licenciatura, cujos cursos têm, como componente nuclear, a Contabilidade e Fiscalidade em sentido lato e visando habilitar os seus sócios para o melhor desempenho profissional.

Desde a década de 60 que os diplomados pelos Institutos Comerciais de Lisboa e do Porto, acompanhados pelos diplomados pelo Instituto dos Pupilos do Exército, vinham promovendo diversas ações no sentido da constituição de uma entidade que os representasse e defendesse. Acontece, porém, que as condições políticas vigentes não propiciavam tal desiderato, o que só veio a alterar-se a partir de 25 de Abril de 1974 com a mudança de regime, pelo que se tornaram e corporizaram as antigas aspirações dos contabilistas com a liberalização de criação de sindicatos e de associações.

Por isso, em 3 de Março de 1975, foi constituída a APC – Associação Portuguesa de Contabilistas que, em conjunto com os Institutos Comerciais de Lisboa e do Porto e o Instituto dos Pupilos do Exército, encetou diligências para a alteração do curso de Contabilidade, contribuindo para a elevação das Escolas para nível superior, facto que ocorreu no decurso do ano de 1976, com a modificação da sua designação para Institutos Superiores de Contabilidade e Administração, tendo entretanto sido criados também Institutos nas cidades de Aveiro e de Coimbra.

Seguidamente contribuiu, de forma inestimável, para a criação e entrada em funcionamento (Março de 1986) nos Institutos Superiores de Contabilidade e Administração, dos Cursos de Estudos Superiores Especializados, cujo alcance foram de enorme importância, pois constituíram o ponto de partida para o ensino nos Institutos Superiores de Contabilidade e Administração das licenciaturas.

A partir da década de 80, com a criação de número significativo de Escolas Superiores, designadamente privadas, e com uma profusa diversificação de cursos com componente nuclear associada à Contabilidade, a APC teve que adequar os seus Estatutos, de forma a poder abranger os diplomados por outras Escolas Superiores, públicas e privadas, além de um número elevado de economistas.

A necessidade de harmonizar as designações socioprofissionais com o que é comum nos países mais desenvolvidos, nomeadamente na U.E., determinou a alteração da denominação social da APC que, a partir de Dezembro de 1997 passou a designar-se APC – Associação Portuguesa de Contabilistas.

Entretanto foram-se operando mudanças muito importantes a nível internacional, tendentes a reforçar a normalização contabilística na linha anglo-saxónica, facto que levou a profundas alterações dos normativos existentes, os quais naturalmente Portugal acompanhou, em grande medida como consequência da nossa integração na EU.

Entretanto foram-se operando mudanças muito importantes a nível internacional, tendentes a reforçar a normalização contabilística na linha anglo-saxónica, facto que levou a profundas alterações dos normativos existentes, os quais naturalmente Portugal acompanhou, em grande medida como consequência da nossa integração na EU.

Para além destes aspetos relevantes da vida da APC, outros se devem destacar, que consubstanciam a sua necessidade e importância.

Assim, ao longo da sua existência, a APC

  • tem dado contributo substancial para o desenvolvimento do ensino da Contabilidade em Portugal, através de congressos, seminários, conferências, simpósios e estudos, quer individualmente, quer em colaboração com outras entidades, nomeadamente Escolas e simultaneamente tem dado pareceres a entidades oficiais;
  • tem apoiado, como lhe compete, a atualização e formação contínua dos seus associados, através da realização de múltiplas iniciativas: seminários, cursos, conferências e palestras empenhando-se em ser pioneira na divulgação de novos conhecimentos;
  • tem colaborado com entidades oficiais na elaboração de normas interpretativas e de diretrizes contabilísticas, bem como de anteprojetos de legislação.

Para além disto a APC está representada em diversas entidades oficiais relacionadas com o ensino da Contabilidade.

A APC foi membro da IASC, cuja inscrição está neste momento suspensa.

No decurso da sua existência a APC esteve representada em diversos Congressos internacionais promovidos pelo IASC e pela FEE.

Importa salientar que a APC publica trimestralmente a Revista “Contabilidade e Finanças”, que trata de temas de Contabilidade e matérias correlacionadas, representando um elo importante com os associados, ao mesmo tempo que constitui um meio relevante de divulgação da ciência Contabilística e das áreas afins.

A APC é uma das associações dedicada ao ensino da Contabilidade e matérias afins mais antiga de Portugal.